Notícias

Pagamento de primeira parcela do 13º salário dos servidores estaduais movimenta comércio

De acordo com anúncio feito pelo governador João Azevêdo, o pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores estaduais será efetuado no dia 19 de junho. A medida injetará cerca de R$ 180 milhões na economia paraibana durante o período das festividades juninas.

Leia mais...

Comitiva da Paraíba participa do 35º Congresso de Sindicatos Empresariais

Até a próxima sexta-feira, 17, acontece em Fortaleza (CE) a 35ª edição do Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. A Paraíba participa do evento representada por presidentes de sindicatos empresariais de várias cidades do estado. Com o tema O novo sindicalismo empresarial e atuação dos seus braços sociais, o congresso envolve em sua programação palestras, workshops, seminários e debates.

Leia mais...

CNC reduz de +5,2% para +4,9% projeção de vendas este ano

O recuo de 3,4% no volume de vendas do varejo em março, comparado com igual mês do ano passado, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), levou a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) a revisar de +5,2% para +4,9% sua projeção de crescimento do volume de vendas para o varejo ampliado este ano. Se confirmado, o ritmo de expansão do volume de vendas do varejo ficaria abaixo da taxa verificada no ano passado (+5,0%).

Leia mais...

Dia das Mães: mais de 64% dos paraibanos vão presentar na data, aponta Fecomércio

Considerada a segunda melhor data para as vendas no comércio, o Dia das Mães mais uma vez promete esquentar o setor na Paraíba. Segundo dados apurados pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas e Sociais (IFEP), 64,68% dos paraibanos pretendem presentear na data, sendo o melhor resultado dos últimos três anos. Segundo o presidente da Fecomércio Paraíba, Marconi Medeiros, alguns fatores influenciaram nesta intenção. “Este resultado pode ser atribuído, em parte, à inflação baixa e à maior disponibilidade do crédito para pessoas físicas”, afirmou o presidente. O resultado foi 0,30 pontos percentuais maior que 2018.

Leia mais...