Paraíba gerou mais de 1,8 mil vagas de emprego com carteira assinada em outubro; serviços e comércio são destaques

A economia da Paraíba gerou 1.864 empregos com carteira assinada em outubro de 2019, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados divulgados pelo Ministério da Economia. Foram registradas 11.695 admissões e 9.831 demissões.

De acordo com o Caged, esse é o oitavo melhor resultado da Paraíba em 15 anos. Nesse período, o mês de outubro de 2016 registrou 850 vagas de emprego encerradas.

 

Por cidades

João Pessoa, de acordo com o Caged, foi a cidade que mais abriu vagas de emprego, um total de 5.498. A capital paraibana também apresentou o maior número de demissões, com 4.602, resultando em 896 empregos gerados.

Santa Rita foi a segunda cidade que mais criou vagas de emprego, com 629 admissões e 339 demissões, 290 oportunidades foram abertas.

Já Campina Grande apresentou um saldo negativo, com 2.289 admissões e 2.361 demissões, resultando em menos 72 empregos. Guarabira também teve saldo negativo, de menos 61 empregos, devido a 99 contratações e 160 demissões.

 

Por setores

O setor de serviços foi o que mais criou oportunidades, um total de 612 empregos, seguido pelo comércio, com abertura de 466 vagas. Outros seis setores tiveram saldo positivo, sendo apenas a área de administração pública com uma vaga a menos de trabalho. Confira os saldos:

Indústria de Transformação: +338

Serviços: +612

Agropecuária: +272

Construção Civil: +128

Extrativa Mineral: +4

Comércio: +466

Serviços Industriais de Utilidade Pública: +45

Administração Pública: -1

 

Fonte: G1 Paraíba com Ascom Fecomércio-PB